.

.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

URV: Aspra consegue vitória inédita

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) publicou nesta quinta-feira (17/11), o acórdão do julgamento da ação coletiva ajuizada pela Aspra em 2003, onde foi pleiteado o pagamento pelo Estado das perdas ocorridas no salário dos Militares, devido a aplicação da regra de conversão do cruzeiro real para a Unidade Real de Valor (URV) em abril de 1994, quando o Plano Real foi implantado.
Pela sentença, os associados da Aspra terão direito a incorporar em seus salários o percentual que varia de 1,44% a 2,38%, conforme sentença abaixo.

Seguir por e-mail