SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Marinha segue na busca por piloto de caça que desapareceu após acidente


Vítima teve que se ejetar da aeronave e continua desaparecida

Por Luarlindo Ernesto

A Marinha segue na busca pelo piloto desaparecido após dois aviões de caça terem colidido durante exercício a cerca de 100 quilômetros da costa, em Saquarema, na Região dos Lagos. Por causa do acidente, o piloto teve que se ejetar e ainda não foi encontrado.

O comandante da base aérea de São Pedro d'Aldeia solicitou que o corpo de bombeiros fizesse uma varredura na praia da Igrejinha, em Saquarema. Segundo informações, o piloto havia sido avistado na região. No entanto, após buscas, nada foi encontrado. A Marinha continua realizando buscas. Na manhã desta quarta-feira, a ajuda de bombeiros com mergulhadores foi solicitada.

De acordo com a Marinha, a aeronave era do modelo AF-1B e a instituição já deu início às buscas pelo piloto. O acidente aconteceu quando o caça retornava de um voo de treinamento, em conjunto com a Fragata “Defensora”. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.

O treinamento realizado não tinha relação com as instruções militares para a Olimpíada.

Este é o segundo caça que cai no estado. No último dia 5, uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), de modelo Jambock 06 (F5), caiu na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), na Zona Oeste. Segundo o órgão, era um voo de instrução e dois tripulantes conseguiram descer de paraquedas em uma área desabitada dentro do terreno da base aérea. Ninguém ficou ferido.
JORNAL O DIA