SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Policiais usam um robô para tentar desarmar homem-bomba em Salvador


Ele foi acuado na sala 711 do prédio principal da Unijorge, em Salvador

O homem, com artefatos amarrado ao corpo, foi acuado na sala 711 do prédio principal da Unijorge, a maior faculdade particular da Bahia, onde iriam ser realizadas provas da OAB, na tarde deste domingo (24/7).

A prova estava marcada para começar às 13 horas. Um homem aparentando ter em torno de 30 anos de idade ameaçou explodir uma bomba no local.
3,4 mil candidatos estavam no campus da Unijorge, a maior faculdade particular do Estado, e que fica na Avenida Paralela, em Salvador.

Houve correria, gritos, desmaios, e o Esquadrão Anti-Bombas foi chamado. A Polícia Federal está no local. O homem foi isolado no 7º andar do prédio principal da Unijorge, segundo informações da Superintendência de Telecomunicações das Polícias.
"Foi pânico demais, parecia cena de filme", relatou uma participante em áudio no WhatsApp.

Por volta ds 15h30 os policiais passaram a usar um robô, para fazer a aproximação do homem, acuado na Sala 711, porque todas as vezes que um policial tentava chegar mais perto ele ameaçava detonar os explosivos que garantia estarem em seu corpo e em uma bolsa.
A candidata Joana Matos estava sentada na cadeira atrás do homem que ameaçou explodir o prédio. A sala era a 711, do prédio principal da Unijorge, conhecido como Prédio 1
"Ele está com um colete verde e portava uma mala. Tem cabelo grande e é barbudo. O semblante dele é de um cara doente", disse Joana.
Segundo ela, "ele pediu para todo mundo sair em 11 minutos senão iria explodir. Pelo sotaque, parece ser baiano mesmo. Estava fora de si."

O homem, identificado como Frank Oliveira Costa, se entregou por volta das 16 horas e a polícia constatou que não levava explosivos com ele.
Em 2015 Frank Oliveira da Costa foi convocado pela Prefeitura de Boa Saúde, no Rio Grande do Norte, para o cargo de auxiliar administrativo, lotado na Secretaria de Administração e Planejamento.
Ele foi aprovado em 19º lugar, em concurso público, tendo alcançado nota final 7,14. Seu nome também consta na lista de cadastro de reserva para auxiliar em serviços de saúde, publicada dia 6 de janeiro de 2012 pela Secretaria Municipal de Planejamento, Tecnologia e Gestão, da Prefeitura de Salvador.
Em requerimento enviado à Polícia Federal no Rio Grande do Norte, no dia de fevereiro deste ano, ele informa ser divorciado, pai de dois filhos, e que concluiu o curso de Direito há 10 anos, em 2006. Frank Costa deu como endereço a rua Afonso Magalhãoes, no bairro de Ponta Negra, em Natal, capital do Rio Grande do Norte.