SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

146 Cia PM Cataguases MG


Os integrantes da guarnição “PAC SUL” composta pelos militares 3º Sgt PM Vilela, 3º Sgt PM Adelir de MANEIRA PROATIVA ORIENTANDO e COORDENANDO o POLICIAMENTO realizado na Rua MARIA FERNANDES no Bairro VILA REIS, ora de maneira PREVENTIVA, ora de maneira REPRESSIVA; durante o deslocamento, visualizamos 02(dois) cidadãos na Rua: NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, os quais ao notarem a presença OSTENSIVA da POLÍCIA MILITAR, demonstraram certas aflições e nitidamente ficaram tensos Todavia, numa ação rápida dos militares os SUSPEITOS foram abordados em conformidade ao preconizado pelas normas internas da PMMG, especificamente no Caderno Doutrinário numero 02 Prática Policial Básica, página 79 a 81 onde prevê as posições de JOELHOS e DEITADO como uma das posições de abordagem e, no Art. 244 do Código Processo Penal - Decreto Lei 3.689/41; Durante a busca pessoal foi encontrado em poder do MARCO ANTONIO DUARTE GONÇALVES JUNIOR ”no bolso da bermuda” a quantia de R$ 193,00 (Cento e Noventa e Três reais em moeda corrente) não sendo encontrado nada mais em poder deste. 
Realizamos uma busca minuciosa nas imediações este relator encontrou no interior de bloco de cimento junto ao solo uma sacola plástica transparente contendo no seu interior a quantia de 10 (dez) pedras semelhantes à crack embaladas separadamente em uma sacola pronta para comercio. 
Durante entrevista com o abordado FABRÍCIO ANTONIO FRANÇA DE SOUZA, este declarou na presença das testemunhas arroladas ser o proprietário das 10 (dez) pedras de crack encontradas próximo ao local da abordagem, relatou ainda que estava comercializando cada pedra de crack no valor de R$ 20,00 (vinte reais) em moeda corrente e nesta data havia efetuado a venda de 02 (duas) pedras de crack. 
Durante entrevista com o abordado MARCO ANTONIO DUARTE GONÇALVES JUNIOR este relatou-nos que o dinheiro que estava em seu bolso da bermuda era proveniente da venda da sua motocicleta. 
O autor FABRÍCIO ANTONIO FRANÇA DE SOUZA foi encaminhado ao PSM da SANTA CASA DE MISERICÓRDIA, (Hospital Cataguases), conforme declarações que será apresentada juntamente com este REDS. 
A testemunha MARCO ANTONIO DUARTE GONÇALVES JUNIOR foi encaminhada ao PSM da SANTA CASA DE MISERICÓRDIA, (Hospital Cataguases), conforme declarações que será apresentada juntamente com este REDS. 
Diante do exposto foi dada voz de prisão em flagrante ao autor SERGIO HONORATO TEIXEIRA, por ter em tese infringido o Art. 33 da Lei nº 11.343 de 23 de agosto de 2006 do Código Penal os quais foram assegurados os seus direitos constitucionais, e mantido e preservado sua integridade física. 
Por fim, após a confecção deste registro de REDS, o autor foi encaminhado a esta DPJ (unidade de polícia judiciária) de plantão (Regional em Leopoldina), para as providências subseqüentes.