SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Bandidos destroem quartel tentando matar PMs e explodem caixas


Dois policiais militares precisaram pular o muro dos fundos do quartel para salvarem suas vidas, na madrugada da última quarta-feira (24), durante a ação de uma quadrilha que explodiu o caixa eletrônico do único banco de Divisa Alegre, no Norte de Minas. O bando chegou a invadir e destruir parte do quartel efetuando disparos de fuzil e outras armas pesadas contra os agentes.

Conforme o registro da Polícia Militar (PM) do município, era por volta das 3h quando o 3º sargento Pedro Oscar e o soldado Carlos Sena saíram do quartel, que fica de frente para a agência do Bradesco, e foram surpreendidos por um automóvel. Neste momento, um suspeito magro e de cabelos lisos surgiu na esquina portando uma arma longa mirando na direção dos policiais e gritou "segura p...", antes de iniciar os disparos.

Os dois policiais correram imediatamente para o interior do quartel, sendo que vários disparos atingiram as paredes, portas e janelas da unidade. Eles se esconderam na lavanderia que fica nos fundos do local, porém, alguns dos suspeitos pularam o muro da frente da sede da PM e começaram a perseguir os militares, atirando com as armas de grosso calibre em direção ao quintal onde os agentes estavam.

Mesmo sob uma chuva de disparos, os dois policiais tentaram revidar atirando com suas pistolas de carga da PM. Entretanto, os bandidos continuavam a avançar dentro do quartel, chegando cada vez mais próximos deles. Foi então que os servidores públicos, percebendo que não teriam como resistir por estarem em desvantagem numérica e com armas de menor calibre, decidiram pular o muro dos fundos.