SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Detentos trabalham com pedras semipreciosas em Governador Valadares


Quinze presos da Penitenciária Francisco Floriano de Paula, em Governador Valadares, região do Vale do Rio Doce, trabalham com pedras semipreciosas. Conforme a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), eles lapidam gemas que chegam em estado bruto. O material é recolhido da Mina do Cruzeiro, na mesma cidade, que atualmente é a maior extração de turmalina do mundo. Além de turmalinas, os presos também lapidam pedras brutas de baixo valor comercial.

Na unidade prisional, os detentos aprendem técnicas de lapidação e criação de peças artesanais. “Eles estão aprendendo a transformar o bruto em belo. Vejo a transformação diária desses homens. Eles estão inteiramente motivados, são criativos e possuem muita habilidade manual. Sinto-me uma privilegiada. Tenho a sensação que estou aprendendo mais do que ensinando”, declarou a artista plástica Maria Lúcia Barbosa.

O trabalho faz parte do projeto ‘Lapidar-se’, em parceria entre o Governo de Minas, o Judiciário, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a empresa Nevestones.