SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Falso médico tenta aplicar golpe em parentes de pacientes internados no Hospital Militar


Nem mesmo policiais militares e seus parentes escapam da ação de falsários que se aproveitam de pessoas internadas para aplicar o golpe do falso médico. A ousadia é tanta que até pacientes do hospital da Polícia Militar viram alvos, conforme denunciado à Itatiaia por familiar.

A ação criminosa funciona da seguinte forma: um falso médico liga para os familiares de pacientes internados em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), cita o nome completo, outros dados do paciente e pede que a família transfira uma quantia em dinheiro, alegando que o paciente precisa com urgência de um determinado procedimento ou exame que o hospital não cobre.

O golpista passa o número de uma conta bancária e ainda faz pressão psicológica na vítima, para que a quantia seja depositada o quanto antes. No caso do Hospital Militar, o falsário se passou por médico da Polícia Militar, ligou para o filho do paciente e pediu um depósito de R$ 1.500 para realizar um tomografia em 3D. A família só descobriu que se tratava de um golpe quando foi ao hospital. O pagamento não foi feito.

A reportagem da Itatiaia teve acesso a um áudio de outra tentativa do golpe. Na ligação, o falsário diz que é tenente da PM. “Sou daqui do Hospital da Polícia Militar, sou o tenente Clóvis Machado”, disse o golpista, insistindo para que a vítima depositasse o dinheiro. “Eu não posso entregar o dinheiro aí direito, não? É bom que converso com o senhor”, questionou a vítima. “A senhorita vai conversar comigo no CTI, quando eu retornar para o Hospital Militar”, esquivou-se.