SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Texto do Cel. Mauro Alves


📌

"Olá, amigos.
Peço que dediquem alguns minutos (sobretudo aqueles que apreciam a leitura) ao que passo a narrar neste breve texto:
Na última noite de domingo para segunda-feira (21 para 22/08/2016), houve a explosão de caixas eletrônicos em uma agência do Banco do Brasil da cidade de Felixlândia/MG. Na ação, os marginais efeturaram vários disparos de arma de fogo nas ruas da cidade. Em consequência da ação policial, quatro autores acabaram presos.
Ocorre que, desses quatro marginais presos, três deles (de nome Jefferson, Bruno e Leonardo) haviam sido presos em 03/08/2016, por porte ilegal de arma de fogo em Belo Horizonte (REDS 2016-016804895-001). Esse mesmo Leonardo, por incrível que pareça, foi preso novamente em 18/08/2016 em Ribeirão das Naves (portanto três dias antes da ocorrência e Felixlândia), também por porte ilegal de arma (REDS 2016-017910777-001). O que se abstrai é que, em pouco mais de 15 dias, o marginal foi preso pela Polícia Militar por três vezes distintas.
Paripasso a este cenário crítico, vários segmentos da sociedade se arvoram a criticar o trabalho da Polícia Militar, cada qual usando toda sorte de argumentos possível, a maioria deles sem fundamentação palpável. São eles, em sua maioria, os ditos "especialistas", que surgem aos montes em canais de rádio e de televisão.  
Enfim, digo-lhes que a sociedade precisa se unir numa força única, todos em prol de reorganizar esse cenário caótico e começar a construir um futuro melhor.
Eu, como Coronel e como comandante de boa parte dessa operosa tropa de militares mineiros, digo-lhes que NÃO VOU DESISTIR DO COMBATE. Quem quiser, que se una a todos nós, em nome da honra do povo mineiro e de todo o Brasil.

Saudações.

Mauro Alves, Coronel PM"