SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

AUTORES DE ROUBO EM CATAS ALTAS SÃO PRESOS PELA PM.




No dia 21set16, por volta de 23h30min, em Catas Altas, segundo relatos das vitimas, encontravam-se num bar assistindo jogo televisionado, momento que foram abordadas por seis indivíduos, estando dois com armas de fogo, que após anunciarem o roubo, subtraíram diversos pertences das vítimas e em seguida, roubaram também um FIAT SIENA, e evadiram do local.

Ao tomar conhecimento do fato, os militares de serviço iniciaram o acompanhamento visual do veículo, que foi acionado o cerco e bloqueio com diversas viaturas e Santa Bárbara e por meio de contato telefônico com as cidades vizinhas. 

Logo após a fuga, o condutor do SIENA perdeu o controle direcional do veículo, chocando-o contra o meio fio, neste mesmo instante abandonaram o SIENA e evadiram embrenhando no matagal próximo ao local.

Ainda segundo relatos, um dos autores, menor de idade, era bastante violento e no momento do roubo chegaram a produzir lesões corporais em algumas vítimas, sendo estas encaminhadas para o Hospital. 

Após os fatos, realizamos diversas diligências na busca de informações sobre a autoria do crime.

Por volta de 14hs, foi planejada uma Operação para localizar os autores já identificados, sendo ambos residentes em Brumal, Distrito de Santa Bárbara/MG. Os autores após serem reconhecidos por fotos e presencialmente pelas vítimas, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi ratificado o flagrante delito pelos crimes de Roubo, lesão Corporal, formação de quadrilha, Corrupção de menores para a pratica de crime. 

No momento que foi dada voz de prisão ao autor Claudson dos Santos Siqueira e apreensão ao menor de 16 anos, a genitora deles investiu agressivamente contra os militares, tentando impedir a prisão, momento que foi dominada, por meio de técnicas de imobilização.

Durante o reconhecimento, duas vítimas de outro roubo ocorrido em Catas Altas em data anterior, também reconheceram os mesmos indivíduos como autores.

Seguem outras diligências para identificação e localização dos demais autores.
Denúncias poderão ser realizadas pelo 190 ou 181.