SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Duas pessoas são presas na 8ª fase da operação Mar de Lama em MG


O ex-procurador-geral da Prefeitura de Governador Valadares (MG) e o presidente do Esporte Clube Democrata foram presos nesta quinta-feira (1) na 8ª fase da Operação Mar de Lama, deflagrada pelo Ministério Público Estadual, Federal e Polícia Federal. Foram cumpridos também quatro mandados de busca e apreensão e um de afastamento de função pública do secretário de Fazenda.

Segundo o MP, as investigações apontam que a empresa Pavotec (responsável pela coleta de lixo da cidade) fez com o Democrata um contrato de cessão de crédito, que tinha com a prefeitura, prevendo um repasse de R$ 1.905.318,90.

“Durante as investigações descobriu-se que não havia qualquer dívida ou relação comercial entre o clube e a empresa, sendo que o contrato realizado uma falsidade ideológica”, diz o MP.

O Ministério Público pediu a quebra do sigilo bancário dos envolvidos e descobriu que o valor de R$ 1,7 milhão havia sido depositado diretamente para os dirigentes do clube, o que segundo o MP, caracteriza lavagem de dinheiro.
Os presos foram encaminhados para a Polícia Federal em Valadares. A assessoria do ex-procurador informou que ele já foi ouvido sobre os fatos e que a defesa entende que não há motivos para a manutenção da prisão e vai adotar medidas jurídicas para revogá-la. O G1 procurou os advogados dos outros envolvidos, mas até o momento eles não se pronunciaram.