SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

domingo, 18 de setembro de 2016

Jovem faz sexo com mais de trinta policiais para se livrar da cadeia.

No escândalo, doze oficiais estão enfrentando punições severas.
Caso envolve mais de 30 policiais (Foto: Reprodução/Daily Star)

Uma jovem de 19 anos, é protagonista de um escândalo. A revelação dos detalhes e repercussão do caso chegaram a ter consequências trágicas. A adolescente confessa ter negociado sexo em troca de proteção. Ela diz ter ido para cama com 31 policiais.

Segundo o Daily Star, ela teria sido alvo de operações de prostituição, mas conseguiu escapar da prisão dando um “jeitinho” , digamos, bastante inusitado — para não dizer outra coisa!

No escândalo, doze oficiais estão enfrentando punições severas.

Recentemente, o caso tomou proporções ainda maiores por conta da seguinte revelação: a jovem alega que quatro, dos doze policias, dormiram com ela quando era menor de idade para consentir o sexo. A loira mostrou mensagens trocadas entre ela e os policias para comprovar as declarações. Alguns dos envolvidos no escândalo pediram demissão, segundo a garota.

A Polícia confirmou que dois oficiais renunciaram, enquanto um terceiro se matou no ano passado. A mulher dele, também tirou a própria vida, mas em 2014.

Ninguém sabe, ao certo, se as mortes estão relacionados com o escândalo. Há rumores de que a polícia poderia ter assassinado o casal . Outros sete oficiais foram suspensos sem receber um tostão do salário .”Lamento profundamente pelos danos que o escândalo causou”, disse o prefeito que se recusou a identificar os agentes que enfrentam punição.

Os restantes dos policiais envolvidos estão sendo investigados pelas autoridades locais. A jovem chegou a se gabar por meio de redes sociais de suas relações com os oficiais. Em uma de suas publicações, ela exibiu uma foto de uma viatura em um posto de gasolina. “Leve-me de volta com estilo”, dizia a mensagem.

O que vai acontecer com a jovem ainda está em debate. A polícia pede que ela cumpra pena em uma reabilitação, mas a defesa alega que ela foi “vítima” e merece ter o direito de escolha de ficar onde quiser.

Confira em DIÁRIO DO SERTÃO.