SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sábado, 10 de setembro de 2016

Morte de investigador pode ter sido encomendada


Não está descartada a hipótese de que a morte do investigador da Polícia Civil Vinícius Morais Mendes, de 29 anos, tenha sido encomendada. Nessa sexta-feira (9), durante o enterro do investigador, uma fonte da corporação disse acreditar que Mendes estava sendo seguido pelos suspeitos antes de ser executado em uma suposta tentativa de roubo na avenida Fleming, no bairro Ouro Preto, na região Pampulha, na última terça-feira (6).

Centenas de policiais civis, militares, guardas municipais e outros servidores do Estado estiveram no Cemitério Parque Renascer, em Contagem, na região metropolitana da capital, no enterro do investigador. O cortejo contou com uma salva de tiros, enquanto um helicóptero sobrevoou a área com a bandeira da corporação. Os presentes bateram palmas em homenagem a Mendes.

Estudante de Direito, Mendes deixou uma filha de 9 anos. Ele sonhava subir de grau na Polícia Civil, corporação que integrava havia cinco anos e da qual pretendia se tornar delegado. “Sempre que acontece alguma coisa com um colega próximo e principalmente com um policial nos sentimos mais envolvidos pelos sentimento. É uma perda. Acredito que seja o momento para a sociedade e a Polícia Civil refletir sobre o caminho que estamos tomando e tomarmos atitudes mais enérgicas em relação à criminalidade e à segurança pública”, afirmou o escrivão Paulo Fernandes Silveira Ribeiro.