SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Polícia teria prendido homem errado em caso de policial assassinado


O homem preso na última quinta-feira (8) suspeito de atirar e matar um policial civil na região da Pampulha, em Belo Horizonte, teria sido solto por falta de provas.

Segundo fontes ligadas a corporação do policial e ao Sindicato dos Servidores da Policia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindpol), o suspeito, que não teve o nome revelado, ainda estaria sendo monitorado pela Polícia Civil, mas por não ter sido encontrado com ele a arma utilizada no momento do crime e nem por ter sido pego em flagrante, o delegado responsável pelo caso teria optado por liberar o suspeito um dia após sua prisão.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da Polícia Civil não confirmou a informação e disse que o caso segue em investigação. Em contato com a 4º Delegacia Noroeste da  Polícia Civil, uma fonte confirmou a informação, mas disse que o delegado responsável pela investigação, Dr. Murilo de Lima, estaria em rua prosseguindo as investigações.