SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Venda de armas de brinquedo é proibida em Belo Horizonte


As armas de brinquedo, muito usadas por bandidos durante roubos e outros crimes, não poderão ser fabricadas, comercializadas vendidas ou distribuídas em Belo Horizonte. A lei foi sancionada pelo prefeito Marcio Lacerda e publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nesta quinta-feira (15). A multa para quem desrespeitar a nova regra é de R$ 1 mil, podendo dobrar em caso de reincidência.

A lei vale para armas que possam ser confundidas com réplicas ou simulacros. A vedação não inclui armas de ar comprimido, airsoft e paintball, bem como réplicas pertencentes à coleção de usuário autorizado, nas condições fixadas pelo Exército Brasileiro.

O comércio desse tipo de armas de brinquedo só poderá ocorrer quando for claramente identificadas como sendo de brinquedos, coloridas ou com cores chamativas, com dimensões e formato que apresentem imediata distinção dos artefatos reais.