SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

15ª RPM E A FISCALIZAÇÃO DO FAROL BAIXO, DURANTE O DIA, NAS RODOVIAS



A 15ª Região de Polícia Militar, sob o comando do Coronel Aroldo Pinheiro de Araújo esclarece a população dos vales do Mucuri, Jequitinhonha e São Mateus que a Lei nº 13.290/2016, que modificou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) continua em vigor e não foi revogada.
A Lei nº 13.290, de 23 de maio de 2016, instituiu que os condutores de veículos são obrigados a manter acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias.
Anteriormente, através de liminar expedida pela Justiça Federal, decidiu-se pela suspensão das autuações de trânsito, porém no dia 19 de outubro, a Procuradoria Regional da União da 1ª Região proferiu, sobre a decisão liminar, de se retomar as fiscalizações, com a recomendação de tornar público aos dirigentes dos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito que a medida deve ser cumprida até que haja novo pronunciamento judicial sobre a matéria.
A infração é considerada média, retirando quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor que desrespeitar a lei, assim como multa no valor de R$ 85,13. Vale lembrar que, em novembro, a infração passará a custar R$ 130,16.
Á luz da nova decisão, o Coronel Pinheiro orienta à comunidade ordeira do nordeste mineiro, que a 15ª RPM efetuará fiscalizações dos veículos no tocante ao uso dos faróis com luz baixa, durante o dia, nas rodovias estaduais e federais delegadas em todas as 60 cidades subordinadas à Região de Polícia Militar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.