SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

domingo, 9 de outubro de 2016

Com a palavra : Sgt Bahia



Meus amigos e minhas amigas  caríssimos diretores e associados  boa tarde. infelizmente parece que me pegaram para crucificar, não matei Jesus Cristo. o que a mim me parece que após    o nosso apoio ao candidato a prefeito João Leite ficou evidente isso.  Mas não vou polemizar essas críticas de Facebook e watsapp. Nossas manifestações enquanto presidente da Aspra vou as  transmitir nos canais da nossa associação.  Acho que estamos fazendo uma tempestade num copo dagua. meu posicionamento é pessoal e fiz pelas minhas convicções políticas e pessoais, temos que pensar a longo prazo
 estamos num momento difícil no Brasil
nosso público do watsapp acha que temos a solução para tudo
 minha trajetória ao longo dos meus 28 anos de caserna me mostrou muito bem quem está me atacando
estou na aspra como diretor e presidente a 15 anos
 e sempre nosso posicionamento gerou polêmicas.    sou de uma geração que mudamos os rumos da nossa polícia e Corpo de Bombeiros
 graças a nossa geração nós conseguimos tudo que temos hoje. esses heróis da geração de watsapp nunca botou a cara para bater, nunca os vi defender na almg,nos tribunais de justiça quando nossos militares estão processados nem tampouco junto aos comandos da  PM e BM.
hoje temos alguns reformados se achando grandes lideranças políticas quando vão para a reserva
 por que se rebelar contra o sistema quando não tem nenhum risco, nós os conhecemos e sabemos perfeitamente quais são as suas reais intenções., derrubar tudo o que está aí e trazer o novo  sem nenhum conhecimento de causa como solução. sabemos o nome sobrenome e cpf destas pseudas lideranças . um grupo que se articula para esse propósito está a serviço de quem? da categoria com certeza não é mesmo por que nem sindico de predio eles são. ou seja não representa ninguém. já vi esse filme.  Força e honra  mais uma vez  sob outro enfoque. dar voz e vez a estes cidadãos  estamos fadados a voltar para a senzala e viver sob o chicote do capitão do mato. 
   vejo um futuro tenebroso se continuar assim
 tentar destruir quem até lutou muito para o que temos, acho que nós  já experimentamos  o passado e sabe das dificuldades que nos aguardam,
não sou de jogar para a platéia
a minha responsabilidade não me permite a isso.
 temos outras lutas para enfrentar
.o mundo virtual é lindo mais temos que ir para a trincheira.
a guerra será longa e tenebrosa para a nossa categoria
 a reforma da previdência é uma delas
a pec 241 é outra que nos impõe uma mudança radical nos nossos salários, parcelamento de salários.  13 salário. aqui na almg temos dois representantes parlamentares ruim com e pior sem eles. 
só temos 5 representantes em Brasília para tentar barrar estes projetos malditos
 e os nossos  militares daqui brigando por que eu estou apoio ao João Leite, não posso obrigar e também não tenho esse poder .  esse poder pertence a cada um de nós.  como nos ensinou a quase 300 anos atrás.  São Tomaz de Aquino. o  chamado  livre árbitrio   ninguém é obrigado a  votar nem joao leite ou Kalil.
 estamos jogando um jogo de xadrez agora é a hora de pacto com quem pode ser útil daqui a 2 anos, com esse governo está aí não avançaremos nada, pois a  crise financeira é generalizada e com certeza 
 dias piores virão. 
temos que ser inteligentes  não cair no discurso fácil dos oportunistas
de plantão. somos de uma geração que lutou para mudar o que está aí
não tínhamos zap para propagar nossas agruras.fui processado juntamente com os 1756 que participou na nossa liberdade de 1997,  quase fui excluído como tantos outros.  fica aí o nosso posicionamento para reflexão.  sgt Bahia presidente da aspra.