SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Desavença cria impasse entre o Prefeito de Ingaí e a Polícia Militar


Um impasse criado entre o grupo político do prefeito de Ingaí, Giuliano Ribeiro Pinto, e os policiais do destacamento do 8º Batalhão da Polícia Militar, naquela cidade, divide a população. A PM apreendeu diversos veículos da Prefeitura de Ingaí alegando que eles estão sem condições de trafegabilidade e documentos vencidos, já o prefeito acusa a PM de retaliação.
Na versão do prefeito de Ingaí, Giuliano Ribeiro Pinto (foto abaixo), a desavença começou quando foi realizada uma cavalgada naquela cidade no dia 9, domingo. Segundo o Prefeito, um carro de som de seu grupo político participava da festa e comemorava o resultado das eleições naquela cidade, momento em que a PM chegou e apreendeu o veículo por perturbação de sossego, segundo o Prefeito, eram 13h, foram do horário de silêncio. Giuliano acusou o comandante do destacamento de "arbitrário".
A PM desencadeou uma operação na cidade para vistoriar todos os veículos e alguns da Prefeitura foram apreendidos, entre eles, um ônibus escolar. De acordo com a PM, ele estava com documentação vencida, pneus lisos, lanterna quebrada e barra de direção comprometida.
A Prefeitura de Ingaí tem um convênio com a Polícia Militar para fornecer parte do combustível usado nas viaturas. Segundo a PM, depois da operação, o fornecimento de combustível foi suspenso. O prefeito Giuliano nega, ele disse que no convênio a PM estipula a quantidade de combustível e é feita uma dotação orçamentária para isso e que o valor chegou ao limite.