SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Esta rolando na internet aqui em MG alguns movimentos para escolher líderes classistas, aqueles que vão acrescentar ou substituir alguns Deputados estaduais.


Esta rolando na internet aqui em MG alguns movimentos para escolher líderes classistas, aqueles que vão acrescentar ou substituir alguns Deputados estaduais. Isso dentro da PM e BM. 
Claro que quem organiza esse tipo de movimento tem seu interesse político e eleitoreiro em primeiro lugar, deixando para outro plano o interesse da tropa.
Acompanho diariamente as vezes de longe, discursos inflamados, cheios de paixão que vou fazer isso, aquilo e tal. Abaixo citei as atribuições de um Deputado Estadual.
Cuidado com esses marinheiros de primeira viagem. Prometem muito, não nasceram políticos, mas com certeza vão prometer coisas que nem são da alçada deles.
Bater de frente com o governo, fazer , acontecer, se não tiver reajuste, se o salário atrasar, vamos fazer greve e tal...
Pra começar tudo que citei acima não vai da nada para o Deputado, pois tem imunidade parlamentar, já você Militar, pode pagar muito caro .
Erros mais comuns do eleitor
• Confundir a pessoa com o político. Trabalhou com ele anos, foi da sua mesma unidade, precisou quebrou seu galho. Ora, mas isso é coisa de irmãos de farda. Nunca deve ser trocado por votos. Muitos aprendizes de políticos são ruins ou são carismáticos.
• Fazem promessas mirabolantes. mas nunca fizeram nada pela tropa. no máximo , um textinho ou outro mostrando se revoltado com atitude de políticos ou do próprio comando. E pasmem, meia dúzia ainda cai nessa conversa.
• Votar em esquisitões para protestar. Eles podem ser piores que os que motivam protestos. Só vão em manifestações pra tirar fotos e futuramente usar na campanha( quem não é visto não é lembrado).
• Votar em alguém somente porque compartilha algo com ele (mesmo bairro ou religião, mesma profissão, mesma opinião, mesmo que seja a mais idiota possível).
• Trocar o voto por um presente ou um favor do candidato.
Política é algo muito sério e não deve ser escolhido o candidato em redes sociais e sim olho no olho.
Quanto mais Militares no poder melhor.
Mas uns aí já estão trabalhando , comendo pelas beiradas a muito tempo.
Cuidado. Como sempre digo. Pior que tá pode ficar sim.
Vamos aguardar as carapuças servirem ou as máscaras caírem.
Renata Pimenta
Deputado estadual
Principais atribuições:
• Faz, debate e aprova leis de interesse estadual, como a criação de impostos estaduais e taxas.
• Compõe comissões de temas regionais, como segurança e privatização de bens estaduais.
• Fiscaliza o governador, o vice e os secretários estaduais. Pode convocá-los a prestar contas e abrir CPIs.
• Indica os representantes do Tribunal de Contas estadual.
• Propõe emendas e faz, em conjunto com o governador, o orçamento do estado.
Promessas de campanha
Mentira! O que ele promete não é competência de seu cargo ou não dá para cumprir em 4 anos - "Vou lutar para reduzir os salários dos deputados pela metade." (Pela lei brasileira, ninguém pode ter seu salário reduzido.)
O candidato até pode fazer o que promete, mas está sonhando muito alto. Ou mentindo - "Se o governador eleito for o meu adversário, vou me opor cegamente a ele." (Mostra um perfil politiqueiro.)
A promessa pode ser cumprida, mas é preciso saber como será colocada em prática - "Lutarei para cortar gratificações, gastos extras e aumento dos salários dos deputados."(Proposta dentro da lei e da função.)
Como controlar a atuação dos senadores e dos deputados eleitos
Parlamentares costumam funcionar por meio de pressão da sociedade em geral e de grupos organizados. Para controlar sua atuação, faça do deputado em quem você votou seu porta-voz. Escreva para aqueles que mereceram seu voto sempre que tiver alguma sugestão ou crítica a sua atuação. A melhor hora para pressionar os parlamentares é poucos dias antes da votação de projetos de lei que são do seu interesse. Acompanhe a pauta dos parlamentares pelo site do Congresso (www.camara.gov.br) e da Assembléia Legislativa do seu estado. Para saber como anda a conduta do parlamentar eleito, acompanhe o histórico do patrimônio dele pelo site do TSE.