SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sábado, 8 de outubro de 2016

Mensagem Sgt Rodrigues



Prezados companheiros,

Ao longo dos últimos 18 anos, tenho exercido meus mandatos de forma  transparente, honesta e focada na luta diuturna para a melhoria das condições de trabalho, salariais e dignidade dos servidores da área de segurança pública de Minas. 

Sou autor de 44 leis e dezenas de benefícios conquistados. Jamais ousei a divulgar notas, textos, notícias, mensagens em mídias sociais e outras similares de forma anônima e covarde. 

Tenho coragem e hombridade de falar, escrever e divulgar meus trabalhos e críticas, seja a quem for, de forma direta. Nunca me acovardei e nem desci ao nível da traição sem rosto e sem nome.

Entretanto, desde que o Governador de Minas (investigado por vários crimes contra o dinheiro público) se cercou de alguns poucos Coronéis que trocaram a insígnia de Tiradentes pela estrela vermelha do PT, tenho sofrido graves ataques via mensagens anônimas.

Os autores das mensagens apócrifas não tem coragem, motivos sérios e verdadeiros para fazerem enfrentamentos, pois não tenho nenhuma mácula em minha carreira de homem público. 

Desde meados do ano de 2015, quando aumentei as críticas (lastreadas por provas na Ação Penal 836/2015-STJ) contra o atual Governador e seu Partido, sem deixar passar a passos largos o atual Comandante da PMMG (que se empenha pessoalmente em fazer a defesa daqueles), os ataques anônimos a minha honra, nome e imagem se alastraram.

Digo a vocês que recebi a confissão (que foi gravada) de um soldado da PMMG que foi escolhido, a dedo, por um Coronel do alto-comando, para ser o feitor de vários post's falsos em meu desfavor. Os ataques deveriam ocorrer todas as vezes que esse Deputado criticasse o atual governo e/ou o atual comando da PM.

As ordens e o material para a produção das falsas acusações partiam de 04 integrantes do alto-comando da PM. Utilizam, ainda, alguns militares da Dint para disparar as mensagens a partir de números WhatsApp de criminosos falecidos. Os fatos narrados acima foram materializados em três representações ao Procurador-Geral do Ministério Público.

Bastam ver os ataques covardes disparados um dia após a audiência pública, em que foi ouvido o Comandante Geral da PM, na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, sobre os fatos ocorridos no dia 21 de Abril, em Ouro Preto, bem como o último discurso que proferi na Tribuna da ALMG na quarta-feira, 5/10/2016.

Quem acompanha nossa atuação constatou que apenas este ano realizamos quatro mobilizações de toda a classe, criticando o parcelamento dos salários e cobrando o pagamento no 5º dia útil. Tudo isso está registrado em nossa página do Facebook https://www.facebook.com/depsargentorodrigues/. 

Do outro lado estavam três coronéis, ameaçando a tropa, anunciando perseguição a  praças e oficiais, contando ainda com um Deputado que se aliou ao Pimentel, na tentativa de esvaziar os movimentos. Esses três coronéis a serviço do Governador, estão empenhados em macular a minha imagem e enfraquecer a força da nossa representatividade política, através das mensagens e post's falsos e anônimos. 

Chamo a atenção de todos os companheiros para que certifiquem a origem dos post's nos grupos de WhatsApp, são sempre enviados de números de telefones falsos. O mais grave é ver, nitidamente, o atual comando utilizar a estrutura da polícia militar como polícia política, servindo de capacho do PT.

Acordem companheiros! O inimigo está em nosso meio.

Deputado Sargento Rodrigues