SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Permita-me apresentar-me!?



 Procuro manter o equilibrio da arrogância e da humanidade de modo que o excesso de confiança não me torne uma estátua sem sentimentos, pois a realidade é que sou friamente cautelosa naquilo que faço e tenho forças no que realmente acredito, não tenho medo da minha propria sombra, como também não tenho medo de qualquer um que represente uma ameaça, pois a desconfiança excessiva tende a me tornar intolerante...
Não tente me definir, não tente me compreender, o que eu realmente sou vai além do que você possa ver, aliás só vêem o que eu quero que veja ou quem eu quero que veja...
Prazer em conhecê-lo! espero que não fique tentando adivinhar quem eu realmente sou, te deixar confuso é a natureza do meu jogo, se conseguir me conhecer direi xeque-mate...
Infelizmente ou felizmente depende do ponto de vista carrego alguns rótulos chatos, mas não se preocupe com isso, aprendi a ser uma pessoa sociável e agradável quando quero e posso te oferecer muito mais do que imagina..
Não me julgue ao ler essa breve descrição, não encare como prepotência, não tire suas conclusões sem me conhecer, seria limitado demais da sua parte...
Vou te tratar da forma que você me tratar.  Sou paisano sim...e com muito orgulho. Se não está satisfeito com minhas redes sociais, sinto muito, Mas te convido a retirar-Se. Eu não frequento e não comento lugares que não gosto. Gosto de segurança pública,  pois é  um assunto extenso e cheio de novidades.  Se eu quisesse teria feito prova pra ser Polícia, Mas seria uma péssima profissional. Como muitos  que  conheço.  Seria mais uma funcionária pública.  Pois nunca quis se Polícia na minha vida. Não venha nas minhas redes dizer o que eu devo ou não comentar. Dificilmente vou no perfil de alguém.  A não ser que me marque.  Então me respeite como civil. Que eu vou te respeitar com a manga Lisa ou cheio de gemadas.  Sei ser gente boa e educada.  Mas sei descer do salto e na classe.
Não tire suas opinões ao meu respeito pelo que considera correto, não existe verdades absolutas, nunca disse que sou perfeita, defeitos são inerentes e diverso e os tenho aos monte...
Mas não sou de toda imperfeita!
Se conseguir enxergar a minha essência ...
Fica a dica ...