SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Prezados companheiros, - SGT RODRIGUES


Prezados companheiros,

Como tenho reafirmado sempre em minhas manifestações, ao longo dos últimos 18 anos, exerço mandatos de forma transparente, honesta e focada na luta diuturna para melhorar as condições de trabalho, salariais e a dignidade dos servidores da área de segurança pública em Minas Gerais.

Desta vez, dirijo-me especialmente aos policiais militares do nosso Estado.

Os companheiros sabem da nossa luta, desde o primeiro anúncio por parte do Governador de que haveria, neste ano de 2016, o parcelamento dos salários. Inúmeras foram as manifestações deste Deputado na Tribuna da Assembleia Legislativa. Também fomos à rua demonstrar toda nossa insatisfação com esta situação.

Sabemos que efetuar o pagamento no 5º dia útil não é favor do Governo, mas sim, sua obrigação!

O que esperar de um Governador atolado em denúncias de corrupção, investigações e indiciado na Ação Penal 836, no Superior Tribunal de Justiça, que tem como origem a Operação Acrônimo, da Polícia Federal, como incurso nos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, sendo designado como “chefe da organização criminosa”?

O que esperar de um Governador, acusado de receber vinte milhões de Reais em propina, e guardar 12 milhões em uma “quitinete” em Brasília, conforme consta nas delações premiadas de Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, seu braço direito na organização criminosa investigada na Operação Acrônimo?

Não podemos nos esquecer, ainda, que o governador Fernando Pimentel, do PT, diminuiu drasticamente o repasse de recursos financeiros para a área de segurança pública de Minas Gerais. Este ano, a Polícia Civil recebeu, segundo o Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado-SIAFI, até o mês de setembro, R$3.228,95 em investimentos, sendo que, no ano de 2014, último do governo anterior, o repasse de investimentos foram na ordem de R$ 33,7 milhões.

Este corte drástico nos investimentos para a segurança pública atinge também a Polícia Militar. Este ano, os investimentos foram na ordem de R$6,09 milhões de Reais. No ano de 2014, último do governo anterior, os investimentos foram na ordem de R$36,06 milhões.

Sem contar, companheiros, os gastos em viagens aéreas feitas pelo Governador Fernando Pimentel, do PT. Enquanto em 2014, último ano do governo anterior, os gastos com pagamento de táxi-aéreo foram de R$138.488,55, em 2015 foi de R$685.499,47 e em 2016, foi de R$853.777,44!

Como não tem dinheiro para realizar o pagamento dos salários dos servidores em dia?

Por outro lado e de acordo com dados atuais do SIAF, o Comandante-Geral da PMMG, Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, recebeu nos primeiros dez meses de 2015, R$ 65.224,88 em diárias.

Neste ano de 2016, a farra continua! O Comandante da PMMG recebeu, até o mês de setembro, R$35.553,67 em diárias.

Ou seja, em 2015 e 2016, o Comandante-Geral da PMMG, Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, recebeu um total de R$100.778,55, enquanto praças da PMMG e do CBMMG estão sem receber diárias e ajuda de custo desde 2013!

Mais de 100 mil Reais em diárias corresponde a 25 salários de um Soldado de 1ª Classe!

Não é admissível que o Governo do Estado pague diárias absurdas para o Comandante Geral da Polícia Militar e deixe de pagar diárias e ajuda de custo para as praças. Sabemos que este ano, policiais do Batalhão de Choque, escalados para trabalhar no Carnaval, nas cidades de Mariana, Ouro Preto, Diamantina, São João del-Rei e outras localidades, até o momento, não receberam suas diárias por direito. Enquanto serviam à sociedade, dormiam no chão, em salas de aula de escolas públicas, improvisadas como alojamento.

Será que no passeio feito pela Europa semana passada, em Portugal e na Romênia, o Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini dormiu no chão de sala de aula?

Certamente que o parcelamento de salários não afeta o Comandante-Geral da PMMG, Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini e o Chefe do Gabinete Militar, Helbert Figueiró de Lourdes, que recebem R$42.093,06 de salário!

Meus companheiros, não se deixem levar por explicações pífias, que não condizem com a realidade. Oportunistas são aqueles que tiram proveito de condições que lhes são favoráveis, fazem viagens internacionais, gastam dinheiro público ao bel prazer, aliados a um Governo que vive da mentira, do engodo, da farsa.

Quem defende e se alia a criminosos, vermes são!

“Vermes” se aliam a um Governador comprovadamente corrupto, indiciado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, transformando a PM em uma polícia política, braço partidário do PT!

“Vermes” são aqueles que usurpam sua função de servir para serem servidos, como tem feito o Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, Comandante-Geral da PMMG, se alimentando da “carne podre” que somos nós, que lutamos contra esta corrupção, que lutamos para receber o salário em dia, uma obrigação do Estado, e que estamos cansados de ser ludibriados!

Também quero destacar aos companheiros, as perseguições a praças e oficiais perpetradas pelo Coronel Marco Antônio Badaró Bianchini, Comandante-Geral da PMMG, realizadas unicamente para satisfazer interesses políticos do PT!

O que queremos é um Comando comprometido com a tropa e não com partido político, servindo, mais uma vez, de capachos do PT.

Estamos sempre à disposição, na luta em prol de nossa classe!

Deputado Sargento Rodrigues

Um comentário:

  1. Renata acho uma falta de respeito desse Sgt Rodrigues, que obteve votos para eleger deputado estadual em todo o Estado e agora na última eleição, candidatou a prefeito de BH, dando as costas para todos que os elegeram para nos representar. Na próxima não adianta pedi meu voto e de minha família.

    ResponderExcluir

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.