SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Câmeras de monitoramento flagram suspeitos roubando PM assassinado.

PM foi morto na madrugada desta segunda-feira no Catiapoã, em São Vicente

Os investigadores do 1ºDP de São Vicente ainda não têm suspeitas para a autoria doassassinato do policial militar Jonatas Ferreira Cruz, de 36 anos, morto na madrugada desta segunda-feira (14), no Catipoã. Conforme informações da Polícia Civil, Cruz foi atingido por, pelo menos, oitos tiros.

Minutos após os diversos disparos, três marginais roubaram a pistola .40 e o colete à prova de balas da vítima. A polícia apura o envolvimento do trio com os disparos fatais.

O crime ocorreu por volta das 5 horas, no cruzamento da Avenida Luiz Horneaux de Moura com a Rua Alcides Araújo. Apesar dos vários ferimentos, Cruz foi socorrido com vida ao Hospital Municipal. Entretanto, morreu enquanto recebia atendimento.

Lotado na 2ª Cia do 22º Batalhão da Polícia Militar da Capital, mas morador de São Vicente, Cruz dirigia a sua Honda CG Fan 125 preta quando foi baleado. O veículo ficou abandonado no cruzamento onde ocorrera o assassinato e, posteriormente, foi recolhido ao Pátio da Cidade.

Imagens de câmeras de monitoramento instaladas em comércios próximo ao local do crime foram analisadas pelos investigadores do 1ºDP. Nas filmagens, não é possível visualizar o momento do assassinato. Porém, é visível o instante em que os três homens revistam o PM e lhe roubam a arma e o colete.

FECHAR

Após disparos, câmeras de monitoramento flagram suspeitos mexendo em policial

14 / 11 / 2016 | 16h50

BRUNO LIMA

Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

PM foi morto na madrugada desta segunda-feira no Catiapoã, em São Vicente

Os investigadores do 1ºDP de São Vicente ainda não têm suspeitas para a autoria doassassinato do policial militar Jonatas Ferreira Cruz, de 36 anos, morto na madrugada desta segunda-feira (14), no Catipoã. Conforme informações da Polícia Civil, Cruz foi atingido por, pelo menos, oitos tiros.

Minutos após os diversos disparos, três marginais roubaram a pistola .40 e o colete à prova de balas da vítima. A polícia apura o envolvimento do trio com os disparos fatais.

O crime ocorreu por volta das 5 horas, no cruzamento da Avenida Luiz Horneaux de Moura com a Rua Alcides Araújo. Apesar dos vários ferimentos, Cruz foi socorrido com vida ao Hospital Municipal. Entretanto, morreu enquanto recebia atendimento.

Lotado na 2ª Cia do 22º Batalhão da Polícia Militar da Capital, mas morador de São Vicente, Cruz dirigia a sua Honda CG Fan 125 preta quando foi baleado. O veículo ficou abandonado no cruzamento onde ocorrera o assassinato e, posteriormente, foi recolhido ao Pátio da Cidade.

Imagens de câmeras de monitoramento instaladas em comércios próximo ao local do crime foram analisadas pelos investigadores do 1ºDP. Nas filmagens, não é possível visualizar o momento do assassinato. Porém, é visível o instante em que os três homens revistam o PM e lhe roubam a arma e o colete.

Em diligências pelo bairro, os investigadores não encontraram testemunhas do crime. Porém, foram avisados por populares de que um homem não identificado vestido com um casaco azul apresentava um comportamento suspeito nas proximidades da esquina onde o homicídio ocorreu. O caso foi registrado na Delegacia do Município pelo delegado Alexandre Peres Malantrucco.

Baleado no pescoço

Em Bertioga, um guarda civil municipal, de 47 anos, foi baleado no pescoço na manhã de ontem. A vítima foi dominada por dois marginais em seu posto de trabalho, no Forte São João/Parque dos Tupiniquins, que anunciaram o assalto.

De acordo com informações da Prefeitura, os ladrões, aparentemente menores de idade, entraram no posto e dirigiram-se diretamente ao guarda. Com ameaças, a dupla roubou a arma do Guarda, uma Imbel 380. Após tomar posse da pistola, os assaltantes efetuaram um disparo que atingiu a vítima.

O guarda foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Município e, em seguida, transferido ao Hospital Ana Costa, em Santos. Segundo a Administração Municipal, o guarda pertence à primeira turma que passou a andar armada. É o primeiro caso desde que a corporação recebeu o armamento

Assista o vídeo >>>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.