SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

ENSAGEM DO COMANDO – INTERVENÇÃO DO BPCHQ EM MANIFESTAÇÕES NA PRAÇA DA ASSEMBLEIA


Prezado policial militar,
Ontem, dia 9 de novembro de 2016, a Polícia Militar foi acionada para intervir num confronto entre manifestantes do MST e os denominados “Patriotas”, na Praça da Assembleia, em Belo Horizonte. Militares do BPChq, de serviço no local, realizaram intervenção técnica compatível e conseguiram conter os mais de 800 manifestantes presentes.
Em seguida, os deputados Sargento Rodrigues e João Leite procuraram a equipe policial, alegando terem identificado o grupo de agressores aos manifestantes do “Patriotas” e requerendo a prisão de tais pessoas.
Avaliando o cenário, os riscos e, sobretudo, considerando a supremacia de forças dos manifestantes em relação ao efetivo policial militar, a entrada da tropa para capturar supostos cometedores de crimes contrariaria os protocolos de atuação e foi desaconselhada.
A orientação ao BPChq era de, em caso de necessidade, atuar para a “dispersão” de manifestantes, não para se infiltrar no meio deles, haja vista a indivisibilidade como princípio.
As vítimas das mencionadas agressões receberam a devida atenção por parte dos militares do BPChq e foram conduzidas até uma guarnição do 1º BPM, que lavrou o REDS de nº 14171183. Com os ânimos contidos e os agressores devidamente identificados, inclusive por meio de fotografia, os militares encerraram a ocorrência na delegacia.
Hoje, surpresos, nos deparamos com a manifestação do Deputado Sargento Rodrigues, postada em seu blog, colocando-se CONTRA os policiais militares que atuaram naquele evento. De maneira absolutamente questionável, o parlamentar se insurge contra seus companheiros e critica veementemente a atuação policial, caluniando o Tenente que se achava no comando da tropa de choque, ao acusá-lo do crime de prevaricação.
O parlamentar, em sua sanha de atacar o governo do estado, não poupa sequer seus irmãos de farda e a respeitável Instituição em que serviu por vários anos. Com o propósito de angariar a simpatia de manifestantes, preferiu fazer críticas infundadas aos profissionais de serviço, sem se preocupar em compreender as implicações contidas no processo decisório.
Numa analogia incabível, relacionou o fato ocorrido ontem com as manifestações em Ouro Preto – no dia 21 de abril – e a intervenção policial efetivada naquela oportunidade.
O Comando da Polícia Militar lamenta as injustas críticas de que são alvos os seus policiais e manifesta apoio aos profissionais que, naquele momento e nas 24 horas do dia, trabalham dentro da legalidade e da ética, para promover segurança pública com seriedade e compromisso.
(a) MARCO ANTÔNIO BADARÓ BIANCHINI, CORONEL PM
COMANDANTE-
GERAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.