SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Governador Valadares - Oficial da PMMG participa de curso de Polícia Comunitária no Japão


O 1° tenente PM Tiago Farias Braga, representou Minas Gerais no Curso Internacional de Polícia Comunitária (Community Policing 2), realizado em Tóquio, Chiba, Kyoto e Osaka, no Japão, entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. O curso faz parte do Acordo de Cooperação Técnica entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). O curso deu oportunidade de vivência do dia a dia da polícia local nas delegacias, visitar a sede da Jica, além de trocar experiências com os participantes dos demais estados.

O representante de Minas Gerais, tenente Braga, é comandante do 3° Pelotão da 160ª Cia PM e Chefe do Núcleo de Prevenção Ativa (NPA) do 43° Batalhão da 8ª Região da Polícia Militar. Além dele, outros 14 policiais militares de diversos estados do Brasil participaram da iniciativa, e para tanto todos passaram por um processo seletivo no âmbito de suas instituições, reconhecido pela Senasp e Jica.

Durante duas semanas, os policiais vivenciaram o dia a dia da polícia local, nas Unidades de Patrulha Móvel, Kobans e Chuzaishos. O curso foi alvo de elogios pelos organizadores e unidades visitadas, tendo inclusive sido divulgado na imprensa japonesa.

Ao ser perguntado sobre a experiência, o tenente Braga, que era professor da disciplina de Polícia Comunitária, salientou que tal oportunidade foi de suma importância para ele vivenciar a experiência japonesa, agregando novos conhecimentos e habilidades que serão multiplicados no âmbito institucional.

Boas práticas japonesas, a exemplo das Bases Comunitárias (BC) que vieram do conceito operativo do KOBAN japonês, já são aplicadas na PMMG, e inclusive foram aprimoradas, como no uso de Bases Comunitárias Móveis (BCM). Estas começaram no Brasil com inspiração na BC, e hoje são aplicadas, outrossim, no Japão, por meio da denominação "KOBAN Móvel".


ESTADO MODELO - Minas Gerais foi o único “Estado Modelo” que participou da delegação, que significa dizer que, é uma das unidades federativas que, no âmbito de Polícia Comunitária, tem experiência docente e profissional, além de ter produção acadêmica reconhecida nacional e internacionalmente. No Brasil, os três Estados Modelos são Minas Gerais (PMMG), São Paulo (PMESP) e Rio Grande do Sul (Brigada Militar).


A PMMG espera que, com mais um de seus oficiais capacitado num país tão desenvolvido em trabalhos comunitários, a qualidade dos cursos e treinamentos continuem sendo referência. Assim, a Polícia Comunitária será cada vez mais sedimentada como filosofia e estratégia organizacional dentro da corporação, com o que, consequentemente, ganha toda comunidade mineira.

Autor: PMMG



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.