,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

Pacto de Desassociação em Massa chega de da dinheiro para associações pelegas

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Governador Valadares - Oficial da PMMG participa de curso de Polícia Comunitária no Japão


O 1° tenente PM Tiago Farias Braga, representou Minas Gerais no Curso Internacional de Polícia Comunitária (Community Policing 2), realizado em Tóquio, Chiba, Kyoto e Osaka, no Japão, entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. O curso faz parte do Acordo de Cooperação Técnica entre a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica). O curso deu oportunidade de vivência do dia a dia da polícia local nas delegacias, visitar a sede da Jica, além de trocar experiências com os participantes dos demais estados.

O representante de Minas Gerais, tenente Braga, é comandante do 3° Pelotão da 160ª Cia PM e Chefe do Núcleo de Prevenção Ativa (NPA) do 43° Batalhão da 8ª Região da Polícia Militar. Além dele, outros 14 policiais militares de diversos estados do Brasil participaram da iniciativa, e para tanto todos passaram por um processo seletivo no âmbito de suas instituições, reconhecido pela Senasp e Jica.

Durante duas semanas, os policiais vivenciaram o dia a dia da polícia local, nas Unidades de Patrulha Móvel, Kobans e Chuzaishos. O curso foi alvo de elogios pelos organizadores e unidades visitadas, tendo inclusive sido divulgado na imprensa japonesa.

Ao ser perguntado sobre a experiência, o tenente Braga, que era professor da disciplina de Polícia Comunitária, salientou que tal oportunidade foi de suma importância para ele vivenciar a experiência japonesa, agregando novos conhecimentos e habilidades que serão multiplicados no âmbito institucional.

Boas práticas japonesas, a exemplo das Bases Comunitárias (BC) que vieram do conceito operativo do KOBAN japonês, já são aplicadas na PMMG, e inclusive foram aprimoradas, como no uso de Bases Comunitárias Móveis (BCM). Estas começaram no Brasil com inspiração na BC, e hoje são aplicadas, outrossim, no Japão, por meio da denominação "KOBAN Móvel".


ESTADO MODELO - Minas Gerais foi o único “Estado Modelo” que participou da delegação, que significa dizer que, é uma das unidades federativas que, no âmbito de Polícia Comunitária, tem experiência docente e profissional, além de ter produção acadêmica reconhecida nacional e internacionalmente. No Brasil, os três Estados Modelos são Minas Gerais (PMMG), São Paulo (PMESP) e Rio Grande do Sul (Brigada Militar).


A PMMG espera que, com mais um de seus oficiais capacitado num país tão desenvolvido em trabalhos comunitários, a qualidade dos cursos e treinamentos continuem sendo referência. Assim, a Polícia Comunitária será cada vez mais sedimentada como filosofia e estratégia organizacional dentro da corporação, com o que, consequentemente, ganha toda comunidade mineira.

Autor: PMMG