SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Multas de trânsito ficam mais pesadas a partir de hoje; a mais alta ultrapassa os R$ 17 mil


As multas de trânsito ficam  mais caras a partir desta terça feira, 1º de novembro. Com os novos valores, previstos a partir da alteração do Código de Trânsito Brasileiro, multas por infrações gravíssimas passam de R$ 191,54 para R$ 293,47. Aquelas por infração grave aumentam de R$ 127,69 para R$ 195,23. As cobradas por infrações consideradas médias sobem de R$ 85,13 para R$ 130,16. E as multas leves passam de R$ 53,20 para R$ 88,38.

Também foram reajustados os valores das multas aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados, que se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Nesse caso, a multa passa de R$ 1.915 para R$ 2.934,70. O motorista terá ainda a habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

A multas mais altas foram para aquelas infrações consideradas mais perigosas e para isso foi definido um fator multiplicador que pode variar entre 20 e 60 vezes sobre o valor aplicado. Por exemplo, a infração de “usar qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre ela” que recebe multa de R$ 293,47 com multiplicador 60 passa para R$ 17.608,20. Essa passou a ser a infração com multa mais cara.  

Com o aumento, especialistas de trânsito acreditam na redução no número de infrações, desde que haja fiscalização. 

Segundo a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), ações com o objetivo de punir quem bebe e dirige são realizadas diariamente em Belo Horizonte, com reforços, principalmente nos finais de semana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.