,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

Pacto de Desassociação em Massa chega de da dinheiro para associações pelegas

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

OAB-RS quer CPI da segurança pública para apurar aumento da criminalidade


O aumento da criminalidade no Rio Grande do Sul levou a seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil a pedir à Assembleia Legislativa do estado que institua uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o tema para identificar os problemas que levaram à situação atual.

Na peça, assinada por toda a diretoria da seção e entregue nesta terça-feira (8/11), é pedido que a CPI verifique a alocação dos recursos voltados à Segurança Pública, avalie os projetos já apresentados para resolver o problema e apure se existem políticas preventivas para combater a criminalidade.

Dados de 2015 da Secretaria de Segurança Pública gaúcha mostram que a taxa de homicídios dolosos no estado aumentou 70% nos últimos dez anos. Foram 2,4 mil mortes no ano passado contra 1,4 mil em 2006. No mesmo período, os assaltos cresceram 26,3%, e os roubos de veículos, 30,4%.

Ao entregar o documento, o presidente da OAB-RS, Ricardo Breier, afirmou que o pedido da CPI é uma movimentação social e não política. “É uma discussão importante dentro da sociedade civil. Nós acreditamos na CPI, este instrumento democrático e de poder desta casa, atendendo demandas importantes das questões sociais.”