,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Por que é feriado? Saiba mais sobre a Proclamação da República.

Nesta terça-feira (15), comemora-se o Dia da Proclamação da República. Sabe o que isso significa?

Em 15 de novembro de 1889, o marechal Deodoro da Fonseca proclamou a República e pôs fim ao Império. Com isso, D. Pedro 2º perdeu o poder e teve que sair do país, assim como a família real.

A Escola Militar organizou uma comissão para combater a reforma do montepio militar em 1883. O movimento foi se desenvolvendo e acabou por obrigar o governo a anular as punições impostas aos militares envolvidos.

Uma falsa notícia espalhada em 14 de novembro precipitou os acontecimentos. Ela dizia que havia-se determinado a prisão de dois grandes defensores da República, um militar de projeção, o marechal Deodoro, comandante de uma das tropas da capital e Benjamin Constant, professor da Escola Militar.

Os militares combinaram então para o dia 15 de novembro de 1889 a marcha para o centro da cidade de tropa aquartelada em São Cristovão. Deodoro, mesmo adoentado, assumiu o comando das tropas que se reuniram no Campo de Santana, atual Praça da República.

O último Ministério do Império, liderado por Afonso Celso Assis Figueiredo e Visconde de Ouro Preto, ainda tentou conter o movimento. Ordenou a Floriano Peixoto que atacasse as tropas revoltadas. Mas sua ordem não foi cumprida. O Visconde Ouro Preto telegrafou então ao Imperador em Petrópolis e pediu sua demissão do Ministério.

Deodoro, entrando no Ministério da Guerra, declara deposto o Visconde de Ouro Preto. Estava declarada a República. As tropas vitoriosas desfilaram pelas ruas principais, dirigindo-se depois para o Arsenal da Marinha. Deodoro, como chefe do governo provisório, assinou os primeiros atos republicanos, antes mesmo que o Imperador voltasse de Petrópolis com o objetivo de organizar o novo Ministério.

Com a Proclamação da República em 15 de novembro de 1889, o Brasil deixou de ser governado por um monarca para ser governado por um presidente daRepública, pois nosso país passou a ser uma República Federativa. Conheça abaixo a relação de todos os presidentes, desde o advento da República até os dias de hoje.

Nesta lista segue o período em que o presidente governou o Brasil, seguido de seu nome completo e, entre parênteses, o nome ou apelido pelo qual ficou conhecido.

1889 - 1891 - Marechal Manuel Deodoro da Fonseca (Marechal Deodoro da Fonseca)

1891 - 1894 - Marechal Floriano Vieira Peixoto (Marechal Floriano Peixoto)

1894 - 1898 - Prudente José de Morais Barros (Prudente de Morais)

1898 - 1902 - Manuel Ferraz de Campos Sales (Campos Sales)

1902 - 1906 - Francisco de Paula Rodrigues Alves (Rodrigues Alves)

1906 - 1909 - Afonso Augusto Moreira Pena (Afonso Pena)

 1909 - 1910 - Nilo Peçanha (Nilo Peçanha)

1910 - 1914 - Marechal Hermes Rodrigues da Fonseca (Marechal Hermes da Fonseca)

1914 - 1918 - Wenceslau Brás Pereira Gomes (Wenceslau Brás)

1918 - 1919 - Delfim Moreira da Costa Ribeiro (Delfim Moreira)

1919 - 1922 - Epitácio da Silva Pessoa (Epitácio Pessoa)

1922 - 1926 - Authur da Silva Bernardes (Arthur Bernardes)

1926 - 1930 - Washington Luís Pereira de Sousa (Washington Luís)

1930 - Junta governativa: General Tasso Fragoso, Gen. João de Deus Mena Barreto e Almirante Isaías de Noronha

1930 - 1945 - Getúlio Dorneles Vargas (Getúlio Vargas)

1946 - 1951 - General Eurico Gaspar Dutra (Dutra)

1951 - 1954 - Getúlio Dorneles Vargas (Getúlio Vargas)

1954 - 1955 - João Café Filho (Café Filho)

1956 - 1961 - Juscelino Kubitschek de Oliveira (Juscelino Kubitschek - JK)

1961 - 1961 - Jânio da Silva Quadros (Jânio Quadros)

1961 - 1964 - João Belchior Marques Goulart (João Goulart - Jango)

1964 - 1967 - Marechal Humberto de Alencar Castello Branco (Marechal Castello Branco)

1967 - 1969 - Marechal Arthur da Costa e Silva (Marechal Costa e Silva)

1969 - 1974 - General Emílio Garrastazu Médici (General Medici)

1974 - 1979 - General Ernesto Geisel (General Ernesto Geisel)

1979 - 1985 - General João Baptista de Oliveira Figueiredo (General Figueiredo)

1985 - 1990 - José Sarney (Sarney)

1990 - 1992 - Fernando Afonso Collor de Melo (Fernando Collor)

1992 - 1995 - Itamar Augusto Cautiero Franco (Itamar Franco)

1995 - 2002 - Fernando Henrique Cardoso (Fernando Henrique Cardoso - FHC)

2003 - 2010 - Luiz Inácio Lula da Silva. (Lula)

2011 - 2016 - Dilma Vana Rousseff (Dilma Rousseff)

 2016 -  Michel Temer (atual presidente do Brasil)

Você sabia?

- Na ausência do presidente do Brasil, o poder é assumido pelo Vice-presidente da República. Na ausência do vice, quem assume é o Presidente da Câmara dos Deputados. Na ausência deste último, quem assume o Presidente do Senado. E na ausência do Presidente do Senado, o poder é assumido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal.

- Para concorrer ao cargo de Presidente da República do Brasil, o cidadão deve: ter 35 anos ou mais; nacionalidade brasileira; ter o pleno exercício dos direitos políticos; ter domicílio eleitoral no Brasil e ser filiado a um partido político regularizado.