SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

‘Sonhava ser delegado’, diz irmã de policial civil morto em assalto, no Rio


A família do policial civil Alexandre Correa, de 32 anos, morto a tiros por bandidos em uma tentativa de assalto, na noite desta terça-feira, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, esteve no Instituto Médico Legal (IML) para liberar o corpo da vítima. A irmã do policial, Daniela Correa, disse que a família está indignada e que a tragédia interrompe o sonho de Alexandre de se tornar delegado.
— Soube hoje de manhã que ele tinha sido assaltado, e como estava com a carteira da polícia, preferiu reagir. Agora, daqui para frente, a vida será preto e branco. Ele reunia a família inteira, fazia churrasco, tinha um coração puro. Ajudava todo mundo, até desconhecidos. Estava no último período da faculdade de Direito. Queria fazer prova para se tornar delegado. Sonhava ser delegado — afirmou Daniela.