,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

Pacto de Desassociação em Massa chega de da dinheiro para associações pelegas

domingo, 6 de novembro de 2016

Temer diz que 'talvez' seja hora de examinar hipótese de voto facultativo


O presidente da República, Michel Temer, afirmou em entrevista à jornalista Mariana Godoy, da RedeTV, que o "mal-estar" da população com a classe política pode explicar o alto número de abstenções, votos brancos e nulos na eleição municipal deste ano.
Na entrevista, Temer afirmou que é preciso que o Congresso Nacional faça uma reforma política e que, "talvez fosse o caso de começar a examinar a hipótese do voto facultativo".
No último domingo (30), data em que foi realizado o segundo turno das eleições em 57 cidades brasileiras, o número de eleitores que não compareceram às urnas, somado aos votos brancos e nulos, foi de aproximadamente 10,7 milhões de pessoas. Este número representou 32,5% dos 32,9 milhões de eleitores aptos a votar na data.
"Talvez seja preciso fazer mesmo uma reforma política, e na reforma vai entrar em pauta o chamado voto obrigatório, e o voto facultativo. Talvez fosse o caso de começar a examinar a hipótese do voto facultativo. Quer votar, vota. Não quer, não vota. [...] Evidentemente que isso precisa vir acompanhado de uma pregação da cidadania", afirmou o presidente.