SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Um Comandante tão rápido no jogo de palavras quanto inerte na defesa do não parcelamento dos salários



Muito nos surpreende a rapidez do Sr. Cel Bianchini em divulgar “nota” para desmerecer a atuação legítima e ordeira de cidadãos que se posicionam contra o até então Governador de Minas Gerais. De outro lado, na mesma “nota” se solidariza com baderneiros travestidos de integrantes do “MST” (?) que agrediram de forma covarde aqueles manifestantes que estavam próximos das escadarias da Assembleia Legislativa, na tarde de ontem, 09/11/2016.

Causa-nos mais perplexidade a forma como obra para atacar a honra e imagem do Deputado João Leite e a nossa, Deputado Sargento Rodrigues.

Por certo que age em defesa de seu chefe, Sr. Pimentel, acusado na Ação Penal 836 que tramita no STJ, por desvio de dinheiro público, lavagem de dinheiro e corrupção. 

Eu e o Deputado João Leite somos os mais ferrenhos defensores de que a Assembleia de MG deve autorizar o STJ a dar continuidade na referida ação penal e, ao final, sejam aplicadas as reprimendas penais necessárias.

O jogo de palavras do Sr. Bianchini visa ofuscar a visão e confundir a opinião dos milicianos mineiros. Intenta desacreditar nosso trabalho político vociferando que teríamos ofendido os policiais do BPE que presenciaram as agressões dos integrantes do “MST” e não agiram para evitá-las.

Ora, reafirmo que os policiais do BPE permaneceram inertes porque receberam ordem do Ten Maillo para não agir e não evitar as agressões. A responsabilidade pela inércia (leia-se, prevaricação) é desse oficial e não de seus comandados. 

Isso esclarece o jogo de palavras do Sr. Bianchini. 

Mas, seria tão salutar que viesse o Sr. Bianchini, a público e de forma tão rápida, explicar para toda a tropa sobre os vultosos valores que tem recebido a título de diárias, o recebimento de seus vencimentos em uma única parcela no quinto dia útil, entre outras benesses, enquanto você – Policial Militar – tem seus vencimentos divididos em três parcelas ao longo do mês, não recebe suas necessárias diárias para executar a atividade-fim, espera a longo tempo a disponibilização dos recursos para receber a ajuda de custo, aguarda mais de um ano para ver sua reforma publicada e assim receber seus direitos após uma vida inteira dedicada à PMMG, encontra-se ansioso quanto às notícias se haverá ou não pagamento do seu 13º salário nesse ano, entre tantos outros problemas perpetrados pelo “probo” Governador.

Acredito que o nosso trabalho realizado, ao longo dos últimos 18 anos, de forma tão vitoriosa, honesta e às claras, não será ofuscado por um jogo de palavras tão mesquinho e comprometido com um Governador acusado de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Deputado Sargento Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aviso: nossos colaboradores estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas.Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

- Seja educado. Estar escondido atrás de um computador não dá direito a ninguém de ser diferente do que seria frente a frente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.