,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Vídeo mostra agressão contra PM após abordagem em São Carlos, SP


Policial recebeu socos e chutes e precisou ser socorrido para a Santa Casa.
Mulher de 40 anos foi detida, mas pagou fiança de R$ 3 mil e foi liberada.

Um policial militar de São Carlos (SP) foi agredido com socos e chutes por uma mulher e vários adolescentes neste fim semana após abordar um suspeito no bairro Santa Felícia. O cabo da PM foi socorrido para a Santa Casa atendido e liberado. A mulher de 40 anos foi detida, mas acabou solta após pagar fiança de R$ 3 mil (veja o vídeo acima).

O caso aconteceu no sábado (12). Segundo as informações do boletim de ocorrência, dois policiais da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam) receberam uma denúncia de que um homem estaria saindo de casa com drogas e armado e, quando chegaram ao local, viram um rapaz de 18 anos jogando um objeto em cima de uma casa.

Um dos PMs segurou o suspeito e a confusão começou. A mulher junto com outros adolescentes começaram a agredir o cabo com socos e chutes. O outro policial chegou a apontara arma contra os agressores, mas o grupo só parou de bater depois de conseguir tirar o suspeito das mãos do cabo. Eles foram embora com o rapaz, e o policial ficou no chão, imóvel por alguns segundos.

O policial da Rocam pediu reforço e a mulher foi detida. Os PMs revistaram a casa do suspeito de 18 anos e encontraram um caderno com anotações de suposto tráfico de drogas, cerca de R$ 5 mil e um rádio HT. Levados para o plantão policial, a mulher foi atuada por lesão corporal e liberada após pagar fiança. O jovem também foi autuado e liberado.

Prisão
No domingo (13), a PM intensificou o patrulhamento no bairro e um trio foi abordado na Rua Cândido de Arruda Botelho. Com um dos suspeitos, de 22 anos, a PM encontrou 47 trouxinhas de maconha e R$ 9. Ele foi autuado por tráfico de drogas e recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos. Os outros dois suspeitos foram liberados.

VÍDEO