SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MILITARES ESTADUAIS SÃO RETIRADOS DO TEXTO DA PEC 287 QUE TRATA DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA



Senhores Policiais Militares, 

Desde o início da discussão do tema Reforma da Previdência, o Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais e Presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares, Cel Bianchini, tem conversado com parlamentares federais, com o Governo Federal, com os governos estaduais, com as entidades nacionais representativas de oficiais e praças, sendo estabelecido que seria exigido um tratamento condizente com a entrega que as Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares fazem à sociedade. O Governo Federal havia acordado que a discussão previdenciária do militares estaduais seria apartada, juntamente com os militares federais. Hoje, dia 6 de dezembro, terça-feira, para estranheza de todos, o texto da PEC 287 foi encaminhado ao Congresso Nacional, sem distinção alguma com relação aos militares estaduais. 

O Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Cel Bianchini, entrou em contato imediatamente com o Ministro da Defesa Raul Jungmann, externando a indignação dos militares estaduais, solicitando que o assunto fosse levado novamente ao Presidente da República e a manutenção da ordem anterior, ou seja, uma discussão apartada da previdência dos militares estaduais da mesma forma que será tratada a previdência dos militares federais. 

Agora à noite, o Ministro da Defesa Raul Jungmann, em contato com o Comandante-Geral, Cel Bianchini, anunciando que o texto da PEC 287 foi alterado. O texto ora encaminhado não contempla os militares federais e estaduais, conforme promessa feita pelo Presidente da República. A Polícia Militar de Minas Gerais, na pessoa de seu Comandante-Geral, acompanhará os próximos desdobramentos. 

Diretoria de Comunicação Organizacional