,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MILITARES DO INTERIOR DE MINAS GERAIS!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

ONU considera que a PEC 55 é crime contra os direitos humanos



Para saciar banqueiros, o golpista gótico,  Michel Temer, condena à miséria milhões de famílias pobres

O relator especial da ONU para extrema pobreza e direitos humanos, Philip Alston, avaliou que a proposta que cria um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos (PEC 55), terá um impacto “severo” sobre os mais pobres.
 Em texto divulgado nesta sexta-feira (9), Alston recomenda ao governo brasileiro que faça uma estimativa do impacto da medida sobre os setores mais pobres da sociedade e que identifique outras alternativas para atingir a austeridade fiscal.

“Se adotada, essa emenda bloqueará gastos em níveis inadequados e rapidamente decrescentes na saúde, educação e segurança social, portanto, colocando toda uma geração futura em risco de receber uma proteção social muito abaixo dos níveis atuais”, diz o relator da ONU para extrema pobreza e direitos humanos.
Ele condenou a medida, afirmando que ela atenta contra os direitos humanos básicos,