,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MILITARES DO INTERIOR DE MINAS GERAIS!

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Tribunal de Justiça de Minas gasta duas vezes com lanche para juízes e desembargadores

Com a justificativa de economizar tempo e melhorar a produtividade nos gabinetes, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) quer garantir o lanche de seus juízes e desembargadores ao longo de 2017. Ontem, o órgão recebeu as propostas, por meio de pregão eletrônico, de empresas interessadas em fornecer ao TJ 125 tipos de alimentos. O custo estimado é de mais de R$ 700 mil anuais com 12 espécies de frutas, cinco tipos de biscoitos, bolos, sucos, refrigerantes, queijos, carnes, presunto e peito de peru light, entre outros produtos. Os magistrados têm direito à merenda mesmo recebendo um auxílio-alimentação mensal – e sem descontos – de R$ 884.

“Com o fornecimento de lanches no próprio local de trabalho evita-se que os magistrados tenham que se deslocar para fazer suas refeições em outros locais, gerando, desta forma, economia de tempo para estes, colaborando para uma melhor produtividade na prestação jurisdicional”, diz a justificativa do edital, publicado no site do TJ mineiro. No texto, o órgão alega ainda que os magistrados várias vezes vão além de sua jornada normal de trabalho e que a quantidade estimada de cada produto foi estabelecida por meio de “estrito controle do consumo diário”.

Continue lendo >>>