SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Baixa na PM


Texto de uma policial feminina que pediu licenciamento ex-officio (baixa) da PMERJ hoje 27/01/2017...

Esse singelo texto escrito por mim, é apenas uma forma de expressar o que penso e o que aprendi durante esse período... Digamos, uma "despedida" da profissão!

O requerimento foi assinado hoje... e agora seguirá o tramite natural, até a concretização do fato! Enquanto isso, venho dar o meu "depoimento"!!!

Não... Não passei em nenhum concurso... não tenho outro emprego em vista... não vou casar, nem me mudar... e também não sei como será daqui pra frente. Mas o futuro a Deus pertence! Seria ousadia prevê-lo!

Tem um ditado que diz: "os incomodados que se mudem"... Mudarei!!! Resolvi seguir meu coração.
Não há um dia que não seja estressante... que minha saude mental não seja abalada. A pior coisa que existe é deixar o tempo passar com uma coisa que não vale a pena... Viver infeliz numa instituição desvalorizada! Única instituição onde não se tem os salários em dia, para suprir as necessidades básicas de um ser humano, (como ate hoje não recebemos o 13° salário de 2016), mas tem serviços extras! Somos caçados e não fazemos nada... ninguém faz nada! Não se pode fazer nada! Cada um olhando o seu "rabo" almejando cargos de confiança... Politicagem!!!

 Enquanto a cada dia morre um pai, um filho, um marido, um irmão! Cansei de ser apenas massa de manobra. Vejo muitas pessoas capacitadas, assim como eu, com nível superior, e limitadas! Chega de ouvir piadas do tipo: Quer ir pra onde? Ameaçando!

 Ironizando! De ver covardias! De trabalhar sem a mínima condição possível (muitas vezes sequer nos pagavam água! Parece tão simples né? ) Não quero ser julgada por inúmeras situações que temos pouco tempo de raciocínio, e perder minha liberdade... simplesmente porque conosco é o contrário, somos culpados ate provar nossa inocência!

Quero ter uma vida sem medo de não receber, afinal, sequer podemos arcar em dia nossos compromissos, como prevê o regulamento. Vergonhoso ter que ficar assistindo TV pra saber quando receberemos nosso salário, direito nosso por serviços prestados... Quero andar sem medo de ser reconhecida, sem medo de ser transferida pra longe, sem medo de trazer minha farda pra lavar, sem medo de sair de casa e não voltar. Ninguém está livre da violência que domina a Cidade Maravilhosa, mas nós somos mirados a morrer! Pois é isso que farão sem piedade ao descobrir a nossa profissão.

 E será só mais um pra estatística. Não vou mudar o mundo! Cansei de enxugar gelo. Crimes tão bárbaros, cada vez mais comuns. Perdemos mais tempo em delegacia que o cidadão que cometeu o crime. E eu vou arriscar a minha vida? Não! Minha Vida é valiosa! Eu amo minha família e minha família me ama. Me prender por dívidas a pagar? E se eu morrer, quem paga? Eu não quero mais isso pra minha vida! Minha família me quer viva... então, sairei enquanto há tempo. Além de ser feliz, eu quero Paz! Minha saúde física e mental progredirão. Pois não somos robôs para arcar com toda e qualquer instabilidade do Estado.

 Chega dessa falsa estabilidade! Chega de achar que vale o que está escrito. Vale o que eles querem. Dignidade da pessoa humana? Pra quem? Pois nós só ouvimos falar! É tudo uma imensa ilusão! Perdi as contas dos livramentos que tive nesses singelos 4 anos de Polícia Militar. Curso intenso de vida! Fiz muitas amizades! E estes permanecerão! Vivi de perto muita coisa que a mídia não mostra, ou até por tabela, sofrendo por acontecimentos com amigos. Lágrimas? Acho q não tenho mais. Me tornei fria... uma espécie de escudo pra não enlouquecer! Não tenho mais paciência pra muita coisa (se é que um dia tive)... Inúmeras vezes optei por ficar sozinha, quieta... e as pessoas me criticavam.

 Algumas ate perdi convívio pq não admito que me cobrem. Ah Dani... mas você é do serviço administrativo. Outra ilusão! Somos até mais cobrados pq temos que dar conta dos inúmeros serviços extras externos em batalhões que não conhecemos... jogados aos leões. Um final de semana sim, e o outro também! Frase típica: Vá e vença! Ao regressar, temos q dar conta dos documentos que ficaram parados enquanto estávamos na rua! Deixa de cumprir prazo pra vc ver!

 Lembro-me que ano passado, voltando de um serviço extra, eu e uma amiga (ambas do "administrativo"), quase morremos na entrada da Providência. Mas Deus não permitiu! E sabe o que ouvimos no batalhão? "É, ali tá foda! Mas é pq vcs não são da área, mas a gente evita aquele trecho". (Essa informação não é novidade, a mídia tem mostrado com frequência!) Oi? Os policiais militares evitam aquele trecho? É exatamente isso que acontece em inúmeras áreas com o "poder paralelo". Mas não é culpa dos Policiais. Eles não podem fazer nada! Existe o "direito dos manos", digo, direitos humanos. E eu vou pagar pra ver? E mais uma vez "cagaram" e vida segue. Mas poderia não ter seguido pra nós duas! Até porque, a viatura mal andava... como tantas outras que restaram na corporação!

 Manutenção? Combustível? Armamento? Munição? Deixo por conta da mídia essa informação, que também tem sido frequente!
O que foi mudando foi a minha forma de ver a vida.
Admiro muito os Policiais Militares... verdadeiros heróis!!! Os cara sobrevivem em meio ao que julgamos impossível. Começando pela sobrevivência no ninho de cobras, que chamam de UPP.

Não vou me estender mais... mas tenho várias outras histórias. Imaginem os caras que enfrentam tudo de frente... putz! Escrevem um livro fácil! Ai me dirão: Ja pensou em pedir licença sem remuneração? Pra que? Vcs acham que em meio a tantas roubalheiras, e cargos políticos, algo vai mudar? Aqueles que tentam fazer justiça evaporam como fumaça!

 Licenciamento só me faria perder mais 2 anos da vida! Eu cansei! Eu não estou sendo covarde ou frouxa, e também não preciso provar nada a ninguém, apenas não conheço nenhum herói vivo. Tenho certeza que muitos gostariam de ter a minha coragem de recomeçar!!! Quero ter o controle da minha vida. Ter que engolir muitas coisas... tá me fazendo mal. Não vou alimentar um câncer em mim... pois é assim que vejo todas as consequências da profissão. Foram muitas as conquistas, e as perdas. Ah, as perdas são as que mais marcaram. Principalmente quando são tirando a vida de um amigo com um requinte de crueldade imenso! Ou quando um amigo fica com a saúde limitada por conta de "acidente de serviço" e não recebe o mínimo apoio da Instituição ao qual dedicou sua vida e que deveria acolhe-lo. E digo com propriedade: Os caras são guerreiros! E podem acreditar... os bons são a maioria!

Viva os Policiais Militares!
Obrigado por todos os momentos, pois foram eles que me fizeram decidir sobre o que quero ou não pra minha vida. Fico aqui pensando na inteligência dos políticos: Eles conseguem fazer as forças do Estado se "odiarem", mesmo lutando pelo mesmo ideal! Eles sabem a força que temos se unidos formos!

Enfim, pra mim, não dá mais!
Sei que haverão críticas, conselhos, sugestões e etc... Mas eu escrevo essa "despedida da profissão" para que minhas palavras sirvam de encorajamento, assim como a baixa de outros amigos me encorajou. Estou muito decidida, e Deus está abençoando todos os meus passos. Sei que as pessoas que verdadeiramente me querem bem, irão me apoiar... embora o apoio principal eu ja tenha!

 Jamais esquecerei todos os beijos e abraços apertados dos meus familiares quando chegava dos serviços, com a seguinte frase: Graças a Deus você chegou!
Eu estou Muito Feliz! Tenho orgulho de mim!!! Recomeçar não é pra qualquer um!!! A felicidade não é a mesma de quando entrei, e sim, maior... Porque antes era novidade, curiosidade, ansiedade, conquista. Hoje é vivência, conhecimento!

E acreditem... o mundo não acabou e sempre haverão outras oportunidades!!!

#eudecidominhavida
#nãoquerosegurançapublica
#queroqualidadedevida
Enviado do meu iPhone=