,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Desembargador que anulou Carandiru afirma que família presos mortos não podem receber indenização

O desembargador do TJSP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), Ivan Sartori, conhecido por anular o julgamento dos policiais militares envolvidos no Carandiru em razão de uma suposta legítima defesa, afirmou que é questionável o dever do governo do Amazonas de pagar indenizações aos familiares dos presos mortos na chacina em Manaus, uma vez que os detentos estavam organizados, “ao que parece, em facções”.
Em sua página oficial, Sartori reforçou sua crença de que o “Estado tem sido leniente com a criminalidade, por corrupção interna, por pressão da imprensa e dessas ONG’s que se dizem dos direitos humanos.”