,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MILITARES DO INTERIOR DE MINAS GERAIS!

domingo, 15 de janeiro de 2017

Filho do 10° policial morto no Rio em 2017 desabafa: ‘Perdi meu maior tesouro’


Wesley Magalhães, filho do policial militar Fábio Magalhães Teixeira, de 44 anos, que morreu na madrugada deste sábado (14), desistiu de entrar para a corporação. Chorando a morte do pai, o jovem desabafou: “perdi meu maior tesouro”. O segundo sargento, lotado no 14° BPM (Bangu), foi o décimo PM morto em 2017.

Fábio estava na corporação há 20 anos, mesma idade do jovem. O policial foi baleado na barriga e na perna, na noite desta sexta-feira (13), ao abordar um carro com dois homens na Vila Kennedy.

— Meu pai sempre quis que eu seguisse a carreira dele, mas infelizmente desisti dessa profissão. É perigosa e os policiais não são reconhecidos pela farda que vestem e o perigo que correm no dia a dia. Meu pai está sendo só mais um para estatística porque não tem direitos humanos para a nossa polícia — lamentou Wesley.