,

,

Receba publicações por e-mail

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

Pacto de Desassociação em Massa chega de da dinheiro para associações pelegas

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

''Não temos mais dívida com a União'', diz Pimentel em entrevista ao EM

A dívida de quase R$ 70 bilhões de Minas Gerais com a União, que na última década representou um enorme peso para os cofres estaduais, pode deixar de existir este ano. Em entrevista exclusiva ao Estado de Minas, na tarde desta segunda-feira, no Palácio da Liberdade, o governador Fernando Pimentel (PT) afirmou que decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que governo federal deve ressarcir os estados as perdas com a Lei Kandir – lei de 1996 que isentou impostos estaduais nas exportações – deverá significar um alívio para os cofres mineiros, uma vez que o estado passaria de devedor a credor. “Minas passou 20 anos sem cobrar ICMS. Fizemos o cálculo de que Minas perdeu cerca de R$ 92 bilhões. Se a dívida com a União é de cerca de R$ 65 bilhões e nosso crédito é de R$ 92 bilhões nós temos dívida zerada com a União”, explicou Pimentel. O governador falou também sobre a polêmica envolvendo o uso do helicóptero do estado para buscar o filho em Escarpas do Lago, da relação com o presidente Michel Temer (PMDB) e com o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PHS). Fez ainda um balanço sobre a metade de sua administração e as perspectivas para os próximos dois anos.

Continue lendo >>>